Postagens

Mostrando postagens com o rótulo estigma

Auto esti(g)ma

Imagem
 Por Aender Borba Quando a totalidade da pessoa é estigmatizada, ela perde a capacidade de se definir e de se posicionar no mundo, uma espécie de vitimização, que aprisiona a identidade em grilhões de fracassos contínuos e quase sempre sem a possibilidade de ver uma luz no fim do túnel. "Eu não consigo porque sou doente..." Ser doente é uma definição de totalidade, porque o que eu sou é o que me define em totalidade, mas estar doente pode ser só um limite que eu preciso reconhecer. Alguém pode achar que o contrário do estigma é a auto-estima (exagerada), mas na verdade nada mais é que o lado oposto da despersonalização que o estigma produz. Encher o ego de afirmações positivas sem um senso de realidade sóbrio é terrivelmente adoecedor. O estigma direcionado para o outro polo, mantém a pessoa aprisionada, mas como ela passa a ver só a si mesma, não percebe que a luz não chegou ao calabouço, pois o que a faria livre seria quebrar os grilhões e não somente ver a luz do lado de f

Estigma e puzzles

Imagem
 Por Aender Borba Quem nunca montou um quebra-cabeças com mais de 5000 peças jamais saberá a importância que o desenho estampado na caixa tem! Se alguém te entregasse apenas uma peça e pedisse que você descrevesse a imagem que será formada no final, seria absolutamente impossível. Entre os antigos gregos, estigma designava "sinais corporais com os quais se procurava evidenciar alguma coisa de extraordinário ou de mau acerca do estatuto moral de quem os apresentava"; tratava-se de marcas corporais, feitas com cortes ou com fogo, que identificavam de imediato um escravo ou um criminoso, por exemplo. O estigma é um rótulo socialmente imposto (ou auto-imposto) que inclui a pessoa humana numa expectativa equivocada de "normalidade": o surdo, o deficiente físico, o doente mental... O estigma acontece quando a pessoa é reduzida de ser um todo para ser uma mera parte. No caso da saúde mental, sobretudo entre leigos, o estigma diminui e/ou reduz a pessoa humana a uma caricat