Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2021

O que é a vossa vida?

Imagem
 Por Aender Borba O que é a vossa vida? Tiago 4: 13-15 Essa é uma pergunta que nunca deveríamos abandonar: "o que é a vossa vida?" Pensar sobre a vida é encarar seus movimentos, mas sobretudo reconhecer quem a governa.  Todos os empreendimentos humanos estão restritos ao tempo e ao espaço.  A despeito de nossos recursos intelectuais de resgatar memórias ou de antecipar alguns eventos futuros, só conseguimos fazer essas coisas hoje (no presente).  Este limite espaço-temporal deve nos remeter à pergunta de Tiago, pois garantias sobre o controle do curso de nossas próprias vidas?  Ele mesmo responde: "A vida é um sopro; é como uma névoa que aparece e pouco depois se dissipa." Sentir medo do futuro não é o mesmo que controlar o futuro.  Nossa condição finita e temporal deve nos dizer que temos um Deus infinito e pessoal.  Ele é o Senhor do tempo e também o Emanuel (Deus conosco), que nunca nos desampara, ainda que passemos pelo vale mais sombrio ou pela noite mais escur

Os efeitos da pornografia no cérebro e na alma

Imagem
Por Aender Borba  O  @ministeriofiel  publicou em seu canal do YouTube a palestra que proferi na  @conferenciafiel  do ano passado (2020). O tema foi: os efeitos da pornografia no cérebro e na alma . Espero que seja útil e abençoe os que assistirem.

Amor como resposta ao medo

Imagem
 Por Aender Borba Francis Schaeffer fala que o medo pode chegar com muitos disfarces, mas geralmente vem de três maneiras: o medo do impessoal, o medo de não-ser e o medo da morte, que estes sintetizam bem todos os outros.  O medo pode ser pequeno; um horror que leva ao desespero, ou algo entre esses dois extremos... quando cedemos à tentação de lidar com o medo a partir da INDIFERENÇA, "como se" ele não existisse (fazendo coisas para esquecer...), na verdade, estamos tratando-o como se nada, NEM DEUS, fosse capaz de dar sentido a ele. Para um cristão, Deus (a fé) não é um mero dispositivo psicológico ou uma energia cósmica - impessoal - ele é INFINITO e PESSOAL, ele é a PRESENÇA FIEL em todo tempo, sobretudo na angustia. Como uma mãe que acorda no meio da noite para atender o filho que está com medo do escuro (impessoal).  Algumas vezes, o medo do impessoal pode levar à completa fragmentação do SER, quando a pessoa se tranca nas jaulas do puro acaso e joga a chave fora. Essa