Não compre gato por lebre

Por Aender Borba

Por mais que as partes sejam importantes para a composição do sistema, e decompô-lo facilite uma análise, o que importa e deve ser considerado é o sistema em sua totalidade.

Um confeiteiro quando se empenha em oferecer o bolo perfeito, ainda que utilize os melhores ingredientes, não os apresenta para degustação específica. Beber o melhor leite ou comer a melhor farinha de trigo não refletem a experiência de comer o bolo depois de pronto.

Percebo que muita gente faz o mesmo com os estudos teológicos (e em outras áreas), especialmente quando são expostos a conteúdos que nunca tiveram acesso anteriormente e os estimulam a aprofundar. No entanto, conhecer uma parte da doutrina, tratando-a como toda a doutrina cristã tem levado alguns a se tornarem intolerantes, iracundos, arrogantes e violentos.

Vimemos num mundo de tanta escassez, atomização, desinformação e reduções; tudo isso submetido a um ritmo extremamente acelerado; que acessar uma parte desconectada do todo dá a sensação de completude. Mas só quando O virmos face a face, seremos completos.

Não seria ruim se houvesse parcimônia, paciência, humildade e persistência, mas como dizem: "em terra de cego, quem tem um olho é rei", e como "a ocasião faz o ladrão", quem leu duas páginas ou assistiu 3 vídeos de 5 minutos é elevada máxima no assunto. Por isso o fenômeno desordenado dos "web-gurus de internet", que vendem receitas de felicidade, 3 passos para sucesso, teologia descomplicada em 5 módulos... vendem partes como se fosse o todo, mas a fome da alma é tanta que algumas gramas de farinha de trigo descem como se tratadas um "fraisier" das mãos do mais competente chef francês. Cuidado com o quê e como consome e principalmente o que faz com isso. Não tenha pressa, porque o sucesso é subproduto de uma vida com sentido. Enquanto não descobrir o seu, vai ficar comprando gato por lebre.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Retratação Pública - 4 anos depois

Nascerá o Sol da Justiça

Orar com o Salmo 23