Eleições Sistema Conselhos de Psicologia

Por Aender Borba

Desde que ingressei no curso de psicologia, minha maior motivação foi contribuir com o desenvolvimento e formação integral do ser humano. De lá até aqui, procurei me envolver com psicologia social em comunidades pobres, psicologia clínica, comunidades terapêuticas, capelania, aconselhamentos, ações humanitárias (Brasil e África), proferi palestras, dirigi grupos, dei aulas... tudo com o máximo de dedicação e empenho que me foi possível. 

Idealismo

Talvez.

Eu considero isso um senso profundo de propósito e um desejo de servir ao mundo com a minha profissão.





Há alguns anos, conheci e me envolvi com um grupo de pessoas interessadas em mudar os rumos do que se tornou a psicologia neste país: uma profissão achatada por certas práticas político-partidárias e reduzida aos discursos (idólatras) do laicismo (francês) e da revolução sexual. Acredito piamente que a psicologia tem muito mais a contribuir!

Este grupo concorrerá ao pleito 2020/2023 do Conselho Federal de Psicologia e eu faço parte do Movimento Psicólogos em Ação. Se você exerce a profissão ou conhece alguém que compartilha deste mesmo ideal de mudança, una-se a nós, divulgue para outros psicólogos, conheça nossas propostas e vote no 24 #MPA, entre os dias 23 e 27 de agosto de 2019.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulher virtuosa no século XXI

Orar com o Salmo 23

Lippy leva Hardy ao consultório